Vá ao teatro (só não me convide)

Media_httpwwwvisaoart_mudec

eu lembro de uma camiseta que era vendida na Chiclete com Banana (eu acho) que tinha a inscrição do título deste texto.

não tinha nada contra teatro, mas achei divertida a piada.

(perca a noção, mas não perca a piada,  é o que acho).

entrei em Comunicação Social em 2000, e lá, por razões desconhecidas, as pessoas não gostavam de teatro, gostavam de cinema.

aliás, cinema é a arte que todo mundo que faz comunicação se acha gabaritado pra dar opiniões embasadas e escolher um ícone indiscutível da história da nona arte pra discutir.

eu, mais quebrado que o joelho do Ronaldo, também não ia ao teatro. mas nunca tive nada contra, nem entendia a razão de se opor.

desde que eu consigo pagar pelos ingressos, tenho ido ao teatro.

nesse Festival de Curitiba recém passado, vi 4 peças e gostei da maioria.

acho estúpido invalidar toda uma arte, ainda mais um gene dominante como o teatro, que está no DNA de todas as narrativas.

se o cinema tem o corte e o enquadramento, o teatro tem a presença e a força humana.

se você tem preconceito, vá assistir uma peça boa.

não julgue toda a literatura pelo Sabrina do mês.

Media_http3bpblogspot_fjfhr

nem o teatro pelas comédias bocós com apelo sexual e nomes de bairros de Curitiba.

mas se você for ver uma peça que tenha interação com o público, aí sim: vá, mas não me convide.

8 comentários

Filed under Uncategorized

8 responses to “Vá ao teatro (só não me convide)

  1. Guilherme Kroll

    Meu problema com o teatro é a falta da "suspensão da realidade" do Todorov. Ver os atores em cena, sabendo que eles podem errar o texto a qualquer minuto me impede de imergir na narrativa. Mas isso não me impede te procurar ver boas peças.

  2. Ano passado assisti à peça Vida!, que achei excelente e… tinha interação com o público (não que o público desse pitaco, mas eles quebravam a quarta parede). Mas não dá pra julgar pela exceção.

  3. O problema com teatro é que quando é ruim, é ruim demais…

  4. Lielson Zeni

    Guilherme, já estive em peças muito fodas que simplesmente esqueci que estava ali, só via a narrativa acontecendo.

  5. Lielson Zeni

    Arthur, curto muito quebra de quarta parede.quando falo em interação com o público, falo em atores pulando no teu colo ou te puxando pro palco.

  6. Lielson Zeni

    Liber, acho que é a mesma praga que ataca qualquer arte. talvez o teatro tenha mais autores de elevado grau pretensão.

  7. Ih, Lielson… Acho que o teatro é pior ainda. Sabe por que? Quando eu pego um filme ruim, eu falo que é uma bosta, paro o filme, devolvo na locadora, apago do computador. Quando eu leio um livro ruim, xingo o autor, paro de ler. Mas em nenhum momento os autores "xingados" estão próximos. Agora, no teatro, diante de um ator muito ruim, de um texto muito ruim, eu sou tomado por um constrangimento e uma vergonha alheia que doem muito mais. Ver uma peça ruim e ver as pessoas se levantando pra sair enquanto o ator está lá na frente interpretando é uma coisa que me constrange demais, sabe. E já aconteceu… E nem vou falar de quando os caras te puxam pro meio do palco. Pior que isso só os caras que chegam na sua mesa do bar e perguntam "você gosta de poesia?" e daí começam a declamar um texto ruim…Enfim, acho que meu problema é vergonha alheia mesmo…abs!

  8. Lielson Zeni

    ah, entendi, Liber. aí concordo. é muito dolorido ver a decepção na cara de um ator quando saca que o trabalho dele não rolou…

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s