Tag Archives: listaZ

Tem alguma coisa rolando: Prêmio Grampo

Numa conversa susse com o Ramon, sugeri a ele que fizesse um prêmio de HQs do ano no Vitralizado, seguindo o modelo que o Telio Navega usava no Gibizada (blog sobre HQs que ele manteve por anos no Globo e cujo o conteúdo, infelizmente, foi removido da internet). o Ramon curtiu a ideia, mas ficou um pouco ressabiado de levar a parada adiante. um tempo depois ele disse que faria se eu o ajudasse. topei.

pedimos pra 20 pessoas das mais diversas pontas das HQs nacionais que nos mandassem suas listas com suas 10 leituras favoritas de 2015. elas tinham de ter sido publicadas no Brasil e serem inéditas. só.

pra conhecer os 20 primeiros, por aqui.

pra ver todas as listas, aqui.

obrigado a todos que aceitaram o convite.

1 Comentário

Filed under HQs

Se a vida fosse listas de 100?

esses dias eu tava lembrando: quando comecei a escrever em blog, a conexão era discada (usava CD instalação do IG), eu nunca tinha tido meu próprio computador (laboratório de computação da faculdade) e eu escrevia muito sobre música (o que eu conseguia baixar, claro).

postar um vídeo de uma banda que eu gostava era conteúdo, era posicionamento ~cultural~. daí lembrei que naquele tempo eu fazia muita lista e muito texto inspirado em música.

esses dias tava indo pro trem e pensei se eu conseguiria escolher 100 bandas ESSENCIAIS DA MINHA VIDA NESSA EXISTÊNCIA POP E SEM SATORI QUE LEVO.

acho que meu eu de 2002 viajou no tempo e possuiu meu corpo.

“mas que bobagem, Lielson, coisa mané de se fazer: lista. aff…”

ai resolvi postar de 10 em 10. vamos lá?

show do Radiohead em SP. escrevi sobre ele

show de 1966 do Velvet Underground, só fineza

uma musiquinha dos Beatles. afinal… né?

Morphine corre pela espinha, né? (se discorda, pena)

Portishead evoluiu de Trepa Hop pra trepa eterna

Mogwai em uma celebração de cada célula do meu corpo e ossos (a Van espetacularizou sobre esse dia)

Sharon Van Etten: obsessão recente (songwriter crush de 2014)

Yo La Tengo banda velha que me flutuou através de 2013 com Fade

Mutantes é demais (até escrevi um livro baseado num disco dos caras)

 

Deixe um comentário

Filed under É meu, Música

Mais uma lista de Beatles

Media_httpcdn2iofferp_njjcg

já foram as originais, os covers, ignorei as versões e agora vai 5 bandas derivadas dos Bitôus. olha só:

essa foi bem popular: o Beatallica. junte Beatles e Metallica. simples assim.

este é, na real, um mashup dos Fab Four com Beastie Boys. mas ficou batuta. Os Bestles.

estes eram os Beatles dos desenhos animados, Os impossíveis.

os genial Ruttles, uma paródia fantástica dos Beatles – tem uns Monty Python envolvidos.

e como tudo fica melhor com zumbi, o alho poró da cultura pop, Zombeatles.

1 Comentário

Filed under Uncategorized

Outra lista (mas ainda de Beatles)

Media_http4bpblogspot_fsycp

nessa semana de empolgação com os bizorros de Liverpool, vamos com covers tão bons quanto os originais – ou até melhores mesmo, mas fala baixo.

uma óbvia

uma obrigatória

uma do I am Sam

uma porque a Van sugeriu

uma porque é suja e agressiva

 

Deixe um comentário

Filed under Uncategorized

Uma lista (quanto tempo)

Media_http2bpblogspot_sjeli

aproveitando a empolgação com o show do Paul, vai aí um top 5 Beatles, válido por 2011 (ordem variável):

Hey, Bulldog

Something

While my guitar gently weeps

A day in the life

Tomorrow never knows

agradeçam a EMI por não permitir o uso dos vídeos embedados em site. deve ser isso que eles chamam de pirataria.

Media_httppaolicesfil_eohcj

continuem assim, campeões.

Deixe um comentário

Filed under Uncategorized

[+] eu e a música

Media_httpwwwmaiszero_bkasw

2000: esse é o ano que saí do meu quarto em Francisco Beltrão pra sala de aula universitária em Curitiba.

e, às vezes, pro meu quarto de pensão.

(seria glamuroso eu poder me pintar de anti-herói e inverter a setença, dizendo ter passado mais tempo no quarto da pensão – que seria suja e violenta – e menos na sala de aula, mas não seria verdade, tampouco meu desejo. e não, a pensão não era ruim, só era desinteressante.)

depois de passar em Publicidade, eu precisava viver em Curitiba. pra isso precisava de abrigo (pensão), alimentação (pensão + Restaurante Universitário), livros (biblioteca + xerox) e música.

equacionemos o problema:

pensão = quarto de pensão

quarto de pensão = eu + 3 indivíduos. logo, quarto de pensão diferente de som ambiente.

pelo teorema de Pavel, a solução é 2 X (fone de ouvido).

ou seja, em 2000 música + pensão = walkman.

Media_httpimage5sahib_iiosi

(não era tão pequeno, mas na época era a ideia de portátil)

após equacionado, o produto da solução era um walkman + 30 CDs.

foi preciso converter isso em momentos de 30 + 30 minutos – embora as fitas da BULK permitissem quase 33 de cada lado.

Media_httpliciafabiou_fjbgg

gravei toda a Legião Urbana em fita.

Todo o Rage Against The Machine e todo o Radiohead.

e eu fazia o máximo de música cabver no mínimo de fita magnética.

(uma fita pródiga tinha metade do Evil empire no A e Cazuza ao vivo no B)

horas criando coletâneas improváveis e inadmissíveis até resolver fazer listas e fitas para alguéns.

a pequena caixa de música da Aiwa se alimentava de baterias AA e alimentava meus almoços e trechos, alimentava minha resistência as ‘mais pedidas da pensão’ e minhas leituras.

(ah, eu levava a literatura tão a sério naquela época)

eu ia com quilômetros de fita no meu bolso e uma trilha sonora à pilha na vida.

3 comentários

Filed under Uncategorized

Outra lista

irregularmente tenho publicada dicas de que quadrinhos comprar se você nunca leu HQs. mas que tal uma outra opinião?

e que tal a opinião de um especialistão?

saiu no blog da revista Época umas dicas do Sidney Gusman em uma conversa com o André Sollitto, ambos meus camaradas lá do Universo HQ. acompanha aí:

Deixe um comentário

Filed under Uncategorized

Quarta parte da lista

Media_httpgalleryphot_eexbd

Vamos lá, mais algumas obras indicadas para quem está interessado em ler quadrinhos, mas não sabe por onde começar. As regras que norteiam a criação dessa lista estão aqui nessa postagem.

Como o título indica, essa já é quarta vez que trato desse tema e só devo parar quando reunir umas 30 obras (ou eu me cansar). Pra ver todas as partes da lista, procure pela sugestiva etiqueta por onde começo? lá embaixo. Ou aqui.
 

Simbora?

Noturno – Giancarlo Berardi & Ivo Milazzo (Opera Graphica)

Media_httpwwwuniverso_ebtbd

Giancarlo Berardi e Ivo Milazzo formam a dupla de criadores italianos responsáveis pela série de sucesso Ken Parker. A arte de Milazzo é um espetáculo e os roteiros de Berardi são inteligentíssimos. Noturno é um álbum curto, composto por 6 histórias, com alguma metalinguagem, algum grau de “metaHQ” e muita sensibilidade. Fellini não deixou a produção cultural italiana impune.

Indicado com força pra quem: curte quadrinhos italianos; curte histórias bem contadas; curte a arte de Milazzo.

Media_httpwwwguglieit_jdreh

Media_httpwwwuniverso_fihli

 

Copacabana – Lobo & Odyr (Desiderata)

Media_httpwwwuniverso_tprcy

A arte suja de Odyr casa perfeitamente com a história de submundos criada por Lobo. Uma das melhores visões do Rio de Janeiro, desencantada, real e agressiva, mas ainda sim, muito bonita. Copacabana é imperdível. Leia a resenha AQUI.

Indicado com força pra quem: curte Nelson Rodrigues; curte histórias cariocas sem o padrão Globo de qualidade; acredita nas boas intenções.

Media_httpwwwrevistao_yeymz

Media_httpwwwpulapira_beafj

 

Sábado dos meus amores – Marcello Quintanilha (Conrad)

Media_httpwwwpatricio_etcfw

Poucos sabem trabalhar o momento como faz Quitanilha. Antes ele assinava as HQs como Marcello Gaú. Mudou de nome, mas manteve a linha de trabalho. Um Rio de Janeiro de periferia, coberto por uma dose de lirismo visual em vez de violência, embalada em arte realista. É uma das HQs que mais gosto, pra ser lida aos pouquinhos, deixando que ela mande no tempo que passa ao redor. Além de tudo, é um dos primeiros álbuns nacionais pra Ipad. leia a resenha AQUI.

Indicado com força pra quem: curte lirismo visual; acredita em um Manuel Bandeirismoda vida; curte arte realista.

Media_httpg1globocomn_cctde

Media_httpwwwjblogcom_ayjfk

Media_http4bpblogspot_jiyvz

Deixe um comentário

Filed under Uncategorized

Terceira parte da lista

Media_http1bpblogspot_hgymv

2010 acabou, mas a lista de sugestões de quadrinhos do tio Lielson continua. Aqui está a primeira parte da lista e as regras que norteiam a escolha dos títulos. Sem enrolação vamos lá:

Xampu – Lovely Losers (Devir)

Media_httpimpulsohqco_rsvpr

Roger Cruz ainda é mais conhecida pelo seu trabalho pra Marvel nos anos 1990. Ainda que o reconhecimento seja maior, não é dessa época o parâmetro de seu trabalho em Xampu. Nada de super-heróis aqui ou aquele traço que usou na época. É a história de jovens paulistanos nos anos 1980, mas sem os topetinhos ou músicas sintéticas. Os personagens vivem em um ambiente de rock farofa. E a força do álbum surge no encontro gradual das histórias. Sem falar que arte de Cruz está muito bonita e sua narrativa é excelente. Recomendado. Leia a resenha.

Indicado com força pra quem: curte histórias autobiográficas, quem curte os arredores do cenário musical, quem curte os anos 80

 

Jimmy Corrigan – O garoto mais esperto do mundo (Quadrinhos na Cia)

Media_httpwwwguiadosq_vgida

Muita gente diz que esse álbum é o Ulisses (James Joyce) das HQs. Fora o exagero, há alguns motivos. Chris Ware levou a narrativa, composição de página e quadros a um nível poucas vezes experimentado nos quadrinhos. E tudo ao mesmo tempo! Uma leitura lenta e pesada, com uma história de rasgar os olhos de chorar. O (des)encontro de um filho, Jimmy, com seu pai, que o abandonou. Aí que está a diferença com o romance de Joyce: mesmo com todo o marabalismo verbal, Ulisses é livro com humor e mais leve. Mas vale a leitura. Olha a resenha.

Indicado com força para quem: curte experimentações de linguagem, quem curte histórias de pais e filhos, designers.

 

Malvados (Desiderata)

Media_http1bpblogspot_gojqi

 

 

André Dahmer tem um trabalho irônico, ácido e mal-humorado. E sensacional. Teve repercussão a partir da internet e hoje é um dos melhores humoristas nacionais. Em vez de me ler, leiam o Dahmer direto na fonte.

 

 

Indicado com força pra quem: curte um mal-humor engraçado, tem vergonha do ser humano, curte tiras em quadrinhos.

 

 

 

Media_httpwwwmalvados_xnbfe

Media_httpcafecompaoa_fdqxx

Media_httpwwwjbfblogg_pxifa

Media_httpimgsobvious_izgpi

 

 

 

 E a lista continua em outra postagem…

 

4 comentários

Filed under Uncategorized

Fechando o mês

Todo mês, no último dia, entra no blogue do Universo HQ a lista de melhores e piores quadrinhos que cada um de nós leu.

Cada um tem seu critério, mas eu listo 4 ou 5 bons e escolho pelo menos 1 entre as leituras pra ser o pior.

Isso pode levar a existir um pior do mês que é até meio bom. mas não é o caso deste mês. Olha a lista aqui.

E aqui vai a lista do que tudo que eu li de HQ em dezembro:

Media_http4bpblogspot_arafz

Red – aposentados e perigosos

Trama de ação funcional e ligeira, muito ligeira. as cenas de ação são muito bem feitas.

Media_httpwwwosarmeni_dfegx

Fábulas 6 – Terras Natais

Aventura, inimigos poderosos e itens mágicos. Veja a resenha que fiz de uma das melhores séries publicadas no Brasil atualmente.

Media_httpwwwcomixcom_gojme

Vingadores 82

Essa revista continua Ok. Capitas meio preguiçoso e Vingadores interessante. eis a resenha.

Media_httpwwwrevistao_tznga

DC: A nova fronteira

Ah, se as histórias de super-heróis fossem tão bacanas quanto estas.

Media_httpwwwuniverso_gtsmc

100 Balas – Contrabandolero!

Ótima série policial, com execelentes saídas de roteiro e aula de narrativa visual.

Media_httpcomixcombrb_beanu

Preacher – Salvação

Diálogos fodas, cenas fodas, trama foda. Sou entusiasta dessa série. compre aqui.

Media_http3bpblogspot_yhgse

Promessas de amor a desconhecidos enquanto espero o fim do mundo

O trabalho independente de Pedro Franz é batutíssimo. Conheça ele aqui e leia a resenha aqui.

Media_httpwwwcomixcom_jhqof

J. Kendall – Aventuras de uma criminóloga 72

A melhor revista de banca do Brasil. Lições valiosos de narrativa a cada edição. Resenha.

Media_httpwwwcomixcom_cihzb

Media_httpwwwligahqco_ejcsf

Vertigo 11 e 12

A segunda melhor revista de banca do Brasil. Resenhas aqui e aqui.

Media_httpwwwcomixcom_uyhjc

Loveless – Terra sem lei – Mais denso que sangue

Western + ultraviolência + bons roteiros = Loveless. olha a resenha.

Media_httpwwwomeletec_idehe

Peixe peludo

Um fluxo de consciência de um peixe trompetista caminhando pelas ruas de São Paulo. Vale a leitura.

Media_httpwwwblablais_amcri

Hellblazer – Cinzas e pó na cidade dos anjos

Final das andanças de John Constantine pelos EUA. Resenha por mês que vêm!

Media_httpis8combrima_oibwc

Mágico Vento 15

Um épico de western com sobrenatural. dê uma chance e quando ver já estará comprando todo mês.

Media_httpwwwuniverso_wgerd

Bando de dois

História de dois cangaceiros em busca de vingança. trocentas referências visuais a filmes de western. Compre aqui.

Media_httpwwwuniverso_fgmwe

Cicatrizes

Leia um dos 3 melhores quadrinhos do ano. simples assim.

Media_httpwwwguiadosq_eaavo

We 3

3 animais transformados em robôs. O que soa como imbecil, é um espetáculo de cenas de ação, com bom roteiro.

Media_httpwwwligahqco_xbqdo

Wolverine 72

Horrenda. Se eu tiver estômago pra isso, resenharei.

Media_http4bpblogspot_fdrgc

Nós

O melhor trabalho do brasileiro Mario Cau até aqui.

Media_httpwwwsebodome_gwjof

Conflito do Vietnã 5 e 12

Triste. Uma série que tenta não ser americanoide, mas não consegue. Tem seus méritos, apesar disso.

Media_httpimageswikia_uizvu

Spawn 10

Talvez, o pior trabalho de Frak Miller como roteirista. Tudo no lugar errado. O tempo todo.

OBS – tá tudo certo. a capa é da 11 americana, mas equivale à edição 10 brasileira.

Media_http3bpblogspot_juodb

Spawn 36

Roteiro de Alan Moore numa história que tem seu Q de Dr.Caligari.

Media_httpnerdevilsfi_wrnpb

Os beats

Como uso de linguagem da HQ, fraca. Como informação sobre a geração beat, muito boa. vale a leitura.

Media_httpwwwuniverso_qfzgf

 

Media_httpwwwuniverso_ohsoj

Jonah Hex – Marcado pela Violência e Armas da Vingança

O caubói mais feio das HQs de volta em encadernados. o/

Media_httpis8combrima_kpurf

Authority – Sem perdão

Os dois primeiros arcos do grupo mais fodão de heróis. Testosterona além dos limites aceitáveis. divirta-se.

4 comentários

Filed under Uncategorized