Tag Archives: HQ

Indicando uns quadrinhos pro Papo Zine

O Carlos Neto, do Papo Zine, me chamou pra falar uns quadrinhos que eu curto. Tá logo ali embaixo:

Deixe um comentário

Filed under HQs

Os ciclos produtivos das HQs brasileiras #2

O Ramon Vitral, responsável pelo Vitralizado, bolou com a Dani e o Douglas da Ugra um curso muito massa sobre o cenário atual dos quadrinhos brasileiros, focado nas etapas de produção. Aqui tá tudo bem explicadinho. A primeira edição já foi e essa é a segunda, mas boto fé que vai ter uma terceira.

Sábado, dia 5, Guilherme Kroll (da Balão Editorial) e eu fomos convidados a falar sobre a perspectiva dos editores. Já participei de outras mesas com o Guilherme e tenho certeza que vai ser bacanoso.

Depois faço um resumo aqui de como que foi lá.

1 Comentário

Filed under A gente tenta, Continue estudando, HQs

Eu na Bienal de Quadrinhos de Curitiba

volto pra propagandear (tua formação não te engana, rapá): sou um dos convidados da Bienal de Quadrinhos de Curitiba e vou mediar 3 mesas e participar de 1.

Sexta-feira

14h – Quadrinhos Silenciosos
Mediação: Lielson Zeni
Troche, Lucas Varela, Rafael Sica, Alexandre S. Lourenço, André Ducci

[tema que me interessa especialmente este]

18h – Cadernos De Viagens
Mediação: Lielson Zeni
Tiago Elcerdo, Guilherme Caldas, André Caliman, Power Paola

[tipo de produção que adoro]

20h – Quadrinho, Gênero e Diálogo
Mediação: Lielson Zeni
Maria Clara Carneira, Laerte, Adão Iturrusgarai, Pochep Phillipe

[depois do livro da Mandy, tô pronto pra essa (outra hora eu conto)]

Domingo

11h – Jornalismo, Quadrinhos e Redes Sociais
Mediação: Heitor Pitombo
Mariamma Fonseca, Lielson Zeni, Ramon Vitral, Vitor Marcello

[Ramon e eu vamos falar um pouco sobre o próximo prêmio Grampo]

Deixe um comentário

Filed under Continue estudando, HQs, it's the real life?

E agora para algo completamente diferente

Zé Oliboni e eu começamos uma nova série de HQs lá no Diletante Profissional.

E agora 1 - p1 -port

Continuar a ler

Deixe um comentário

Filed under É meu, HQs

Fui entrevistado

Arte de Wagner William

Arte de Wagner William

O Wagner William está com uma HQ nascitura aí, Bulldogma (pela Veneta). Lançamento marcado pro dia 19 aqui em SP, na simpática Gibiteria.

Pra promover a parada, o Wagner tá fazendo uma divulgação muito massa, que inclui trailers e entrevistas que uma personagem do gibi, Deyse Mantovani, faz com pessoas ~reais~. Dessa vez, foi comigo.

Dá pra ler a entrevista no blog de divulgação AQUI. Lá também tem as outras entrevistas, tudo coisa muito fina. Pra ver toda a divulgação, página do Facebook do livro.

Deixe um comentário

Filed under HQs, it's the real life?

Tem alguma coisa rolando: Balbúrdia

Ontem postei no Balbúrdia uma coluna que gostei demais de fazer, sobre o Incal, de Moebius e Jodorowsky, mas passeio também pelos filmes do Jodô e por outras obras deles. Segue aí o comecinho dele:

Sonhei que andava por dunas e que o sol refletia no chão e me doía os olhos. Caminhei até encontrar Alejandro Jodorowsky; ele não me falou nada, mas com as mãos pediu que eu o seguisse. Passamos por AREIA, areia, arena céu e areia até um lago raso. Jodorowsky entrou e, mesmo com 80 anos, apoiou-se nas mãos e permaneceu de ponta-cabeça. Pude ver ele refletido na água. Diante de mim, ele e seu reflexo se misturavam, um era luminoso, outro era negro. Sorriam consoantes e um Jodorowsky se entrelaçou no outro e explodiu em luz.

Desse clarão surgiu um livro que se abriu (pelo vento? não sei) e eu caí dentro do livro, mergulhei em páginas líquidas “Eu não sei nadar! Ayúdame, Jodorowsky!”.

Eu caí no Incal, o gibi. Sumiram as águas e eu estava no Beco do Suicídio, com muita gente caindo comigo (basta que um salte e vários insatisfeitos também se jogam). Os aristos mijam e atiram, e sempre erram. A queda, ao contrário do gibi, não acabava no lago de ácido; ela não acabava. Quando entendi isso, conversei com aqueles que caíam:

O RESTO SEGUE LÁ NO BALBÚRDIA.

Deixe um comentário

Filed under A gente tenta, É meu, Cinema, HQs

As primeiras HQs de Alejandro Jodorowsky

Quando era ator e mímico, antes de escrever e dirigir Fando Y Lis, seu primeiro longa, Alejandro Jodorowsky fez quadrinhos. Ele mesmo desenhava e escrevia as Fábulas Panicas e muito desse material tá num blog maneiro dedicado a isso, no caso este aqui.

O “panica” vem do deus Pan e era esse o nome do movimento pós-surrealista que o Jodô fazia parte. Selecionei alguma das minhas favoritas, principalmente aquelas que me lembram o meu projeto São Paulo S/A (nesse momento vaidoso, vale lembrar que já fiz uma HQ com o Jodorowsky).

0012 0025 0026 0048 0052

1 Comentário

Filed under Continue estudando, HQs

Tem alguma coisa rolando: HQ Rigor Mortis

Mais uma da lavra da parceria com o Zé Oliboni e as HQs pro Diletante Profissional. Lá embaixo falo um pouquinho sobre a ideia dessa história.

RM 1

Rigor mortis 2

Rigor mortis 3

RM 4

***

Mais uma HQ que o difícil foi achar um texto enxuto o bastante, sem ser insuficiente. Conversei com o Zé sobre a linha-mestra da história ele gostou. Aí, mandei pra ele o roteiro no corpo do email mesmo:

pro da dança
pensei uma frase na primeira página, em que tem planos detalhes do corpo e rosto e paisagem
“Quando eu  morrer, por favor,…”
quantas páginas você quiser de movimento de dança na vibe Jules Feiffer (dá uma olha no Mate minha mãe), com os painéis sem fundona última página um plano aberto (se quiser, com fundo e tudo mais)
“…dancem sobre meu túmulo.”
fred astaire debulhando:

gene kelly

A curiosidade é que pedi por Zé me usar como modelo pro personagem, porque ma época tava no meio da escrita de um livro sobre meu funeral. Tudo aqui parte de uma concepção mais festiva da morte, encarando a perda como algo natural, com desapego e pelo viés da impermanência. Tem uns molhos medievais aqui também e muito Monty Python, mas sem o humor como resultado, sendo o humor levíssimo um suavizador.

Deixe um comentário

Filed under É meu, HQs

Estreia de A consciência de Zeni

Que tenho tocado um blog com os parças Liber e Paulo eu já falei. Tenho avisado direto quando rola alguma coisa lá, só que dessa vez acho mais legal porque é minha estreia como colunista, com A consciência de Zeni (O nome roubei de uma brincadeira que o Leandro Melite fez comigo).

Vocês podem ler minha carta pro Guazzelli, comentando sua HQ Apocalipse Nau LÁ NO BALBÚRDIA. O bacana foi que o autor leu e comentou na sua página do Facebook.

Abaixo, são as imagens do caderno onde escrevi o texto com minha já muito criticada letra.

AN 1

AN 2

AN 3

AN 4

AN 5

Deixe um comentário

Filed under É meu, Cartas, HQs

Mais Balbúrdia ainda

Peteleco mais duas indicações de HQ na nossa ssessãozinha Vem Comigo lá do Balbúrdia. Uma foi na quarta passada e outra saiu hoje, no meio do Carnaval. Ambas constam das minhas leituras comentadas do mês, que estão aqui.

Deixe um comentário

Filed under É meu, HQs