Aeroporto até Holanda

 

amsterdam_airport_schiphol209_760x450

A ideia era escrever dos aeroportos, na espera dos voos. Nem sempre a ideia mostra as garras e nos beija na boca.

Sem Wi-Fi, fiz anotações pessoais (novo livro?) e embarquei. Consegui sentar na saída de emergência, o que deixou essas pernas compridas aqui em paz.

Na viagem só tinha filme merda e um bebê holandês chorão. Conversei em inglês sauvage avec une francesa do teatro, acho que atriz e comecei a ler o Minha luta do Karl Ove.

L’actrisse, que nem eu, tinha uma conexão que também ficou esguelhada pelo retardo de 1h30 pra sair de SP. Amigos no infortúnio, corremos como laterais em busca da linha de fundo pelo aeroporto de Amsterdã.

(elle, inclusive, meu deu une bonne idée: levar tulipas holandesas pra minha anfitriã em Barcelona – num deu)

chegamos numa pusta fila pro raio-x da bagagem de mão e numa fila ainda pior pra entrar na união europeia. Fomos até lá et ma amie de voyage me abandonou pra pegar seu voo pra Toulouse (espero que tenha dado) (acho que vi uma garota que conheço da faculdade também) (muitos jovens pro Primavera Sound).

Enfim, depois de la migra, eu tinha 2 minutos inteiros pro voo decolar. corri desesperado pelo aeroporto até o portão C13. Nunca na história desses país um lielson correu tanto por Amsterdã.

graças a um atraso nesse voo também, consegui embarcar com destino a Barcelona.

 

Deixe um comentário

Filed under A gente tenta, Viagem

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s