Nocaute!

Eu tive um certo surto hoje com texto que vai abaixo. Nocauteado, li e reli diversas vezes entre 10 da manhã e 2 da tarde. Ele fez tanto sentido em mim que interditou o sentido do mundo pra mim.

Você encontra ele no Prosas Apátridas (Rocco, 2016, pp. 42 e 43), do Julio Ramón Ribeyro.

Perdido demais nessas letras

Pátrias Apátridas # 45 - 1 Pátrias Apátridas # 45 - 2

Deixe um comentário

Filed under É meu, Literatura

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s