Mais eu e a músicas

Media_httpwwwbahianot_tdggv

folheando as fitas, encontrei gravações telefônicas de meu primo para “brotos” e músicas estranhas.

larguei tudo lá.

na verdade, não. peguei as fitas de galanteio, levei na casa dos meus amigos de camiseta preta e gravei Pavilhão 9, Racionais MCs, Legião Urbana, Bob Marley e Ramones.

na mesma fita. se bobear, do mesmo lado A.

na sala, um amigo me emprestou fitas do NoFX e do Rappa.

as pessoas trocando CDs e eu com fitas de bandas que sequer gosto. era um anacrônico.

(lembro de puxar uma fita da mochila pra responder à pergunta na ficha do CEFET: qual seu estilo musical favorito?)

Media_http3bpblogspot_bulll

(anos depois eu gravaria fitas pras pessoas, e então leria o Alta fidelidade e veria que aquilo fazia sentido pra mais gente. tentei gravar CDs, mas nunca funcionou comigo…)

a virada foi uma coletânea.

Media_http2bpblogspot_phgwg

por dentro, Queen. Bycicle Race, Bohemian Rhapsody, We Will Rock You, Crazy Little Thing Called Love, Fat Bottomed Girls.

e essa fita se desenrolou em amizades musicais, que me levou a mais fitas e mais músicas.

essa fita, em autoreverse, continua. apagada e regravada.

(quando precisei me mudar pra Curitiba, essa fita do Queen sobreviveu. mais tarde ela virou o Led Zeppelin IV)

em 1998, com 18 anos e com meu salário de estagiário, comprei um aparelho de som pra 3 CDS – o primeiro, e até hoje, único da casa de meus pais.

foi o fim do pensamento dicotômico A e B.

por enquanto.

Deixe um comentário

Filed under Uncategorized

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s